Norte – Porto

O mostrEM Norte irá decorrer na Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos (Porto), de 7 a 9 de maio.

Este é o programa provisório do mostrEM Norte (actualizado a 15/04):

30124318_10155697013815910_3548166384095592448_o

 

INSCRIÇÕES

Para o mostrEM do Norte propriamente dito não são necessárias inscrições. Ou seja, para assistir às apresentações das especialidades, da parte da tarde, não são necessárias inscrições. Serão entregues certificados de participação.

Cursos Práticos – Consultar o seguinte link – http://nortemedico.pt/mostrem-2018
Para os Cursos Práticos serão necessárias inscrições, através do seguinte endereço: clique aqui.

Inscrições
Início: 17 de Abril às 14:30
Encerramento: 27 de Abril às 13:00

Número de Vagas
Cada curso tem um máximo de 30 participantes.
A inscrição será feita por ordem de chegada do email com o respectivo boletim de inscrição, acompanhado do comprovativo de transferência bancária (IBAN PT50 0007 0406 0005 8000 0087 8).
O boletim de inscrição e o comprovativo de pagamento devem ser enviados para mostrem@nortemedico.pt.
A fatura será emitida para o NIF associado ao número de cédula indicado na inscrição e será entregue no dia do curso.

É permitida a inscrição em vários dias.

A inscrição nos cursos será fechada à medida que esgotarem as vagas, sendo esta informação disponibilizada no site da SRNOM e os participantes serão notificados sobre a confirmação da sua inscrição.

Valor da Inscrição:
5 euros (preço por cada curso) com almoço incluído.

Agenda
Todos os cursos iniciam pelas 9:00 e terminam às 13:00, com um intervalo de 30 minutos.

2ª feira – dia 7 de Maio
– ABC do Tórax
Este curso foca-se nos aspetos práticos da semiologia do tórax, de forma a permitir uma maior atenção e enfoque para a anamnese e exame físico desta região, bem como das patologias mais frequentes ou especialmente graves associadas às mesmas.

– Os papéis por detrás da Doença –
Preocupas-te realmente com os teus doentes e queres fazer tudo o que esteja ao teu alcance para os ajudar? Na prática clínica diária temos também uma responsabilidade social e, por vezes deparamo-nos com várias questões  às quais nem sempre sabemos dar resposta: Que patologias têm fármacos gratuitos? Como prescrevo meios de tratamento de forma comparticipada? Quem é isento? A declaração ou atestado pedido pode ser passado?– Estas e muitas mais questões serão respondidas de forma interativa e prática ao longo deste curso.

– Análises no Serviço de Urgência
Este curso pretende focar-se na interação entre o clínico que se encontra a observar o doente no serviço de urgência e os serviços clínicos de apoio laboratorial. O que esperar das análises pedidas, o que pedir, quais as correlações clínicas e o seu significado e qual a melhor forma de otimizar a informação e comunicação com o laboratório para melhorar os resultados e o seu impacto na abordagem do doente são alguns dos pontos que serão abordados neste curso

3ª feira – dia 8 de Maio
– Raio X no Serviço de Urgência
A Radiologia Convencional continua a ser um dos principais meios auxiliares de diagnóstico (e muitas vezes o único disponível) no serviço de Urgência. A correta análise e interpretação destas imagens é essencial para um diagnóstico correto e atempado. Durante este curso, de uma forma totalmente interativa, serão explorados vários casos clínicos e respetivas imagens.

– ECG
Sendo um dos mais importantes meios complementares de diagnóstico, o Eletrocardiograma é uma ferramenta de vital importância no diagnóstico e seguimento de doentes nos mais variados contextos. No decorrer deste curso serão abordados os princípios básicos da electrocardiografia, bem como a aplicação, interpretação e análise em diferentes casos.

– Psiquiatria de Urgência
Dada a prevalência e importância da patologia psiquiátrica, pretende-se com este curso abordar os principais problemas a nível da abordagem inicial, diagnóstico e terapêutica, em contexto de Serviço de Urgência, com que um médico não especialista em Psiquiatria poderá ter de lidar na sua prática clínica.

4ª feira – dia 9 de Maio
– Antibioterapia
A patologia infeciosa continua a ser uma das mais prevalentes e que mais recursos consome, uma vez que os agentes multiresistentes são uma realidade cada vez mais preocupante. Assim torna-se essencial fazer uma utilização racional e correta dos antibióticos disponíveis. Neste curso, serão abordados os princípios gerais da utilização de antibioterapia, com casos clínicos interativos que permitirão colocares os teus conhecimentos em prática.

– Fluidoterapia e distúrbios endócrinos
Neste curso, pretende-se abordar princípios gerais de fluidoterapia e correção de distúrbios endócrinos, bem como a sua aplicação em contexto prático, através da apresentação e discussão conjunta de casos clínicos.

//]]>